Carta SUS: mais uma ferramenta a favor do cidadão

A opinião dos cidadãos usuários do SUS é fundamental para melhorias na qualidade e acesso aos serviços de saúde

Assim como o IDSUS 2012 (Índice de Desempenho do Sistema Único de Saúde), assunto tratado pela equipe do JUNTOS PELAS REDES no texto anterior, a Carta SUS é mais uma ferramenta do Ministério da Saúde para avaliar a qualidade e o acesso da saúde pública no país, e vai permitir que o usuário opine sobre o atendimento que recebeu. O objetivo é reforçar o controle e a participação da população na gestão do SUS.

A Carta SUS contribui com a Ouvidoria ativa do SUS, uma ouvidoria que busca informações, realiza pesquisas e incentiva a colaboração do cidadão. Desde janeiro deste ano, as cartas passaram a ser enviadas mensalmente aos cidadãos usuários do SUS que passaram por internação hospitalar a partir de setembro de 2011. Além disso, a cada seis meses, também receberão a carta os cidadãos que passaram por procedimento de alta complexidade.
Os cidadãos que receberam a carta em janeiro deste ano são os que foram internados em setembro de 2011; os que receberam em fevereiro de 2012 são os que foram internados em outubro de 2011; e assim por diante.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, mais de 60,5 mil usuários do Sistema Único de Saúde em Minas Gerais começaram a receber, em março, a segunda remessa das Cartas SUS. As correspondências estão sendo distribuídas nos 26 estados e no Distrito Federal, permitindo aos pacientes conferir o valor do procedimento realizado e, ainda, fazer críticas ou elogios ao atendimento recebido.

Neste segundo lote, o estado de Minas Gerais entrega um total de 60.571 Cartas SUS. No Sudeste, 276.707 correspondências chegarão à residência de usuários do SUS nesta região, sendo 162.956 em São Paulo, 40.043 no Rio de Janeiro e 13.137 no Espírito Santo. O Sudeste responde por 43,13% do total de Cartas entregues nesta segunda remessa.

A primeira resposta

No Blog da Saúde, você pode conferir a primeira resposta da Carta SUS enviada ao Ministério da Saúde. Shirle Reis Mone Quelí, de Santo André (SP) foi a usuária que enviou a resposta. E está satisfeita com o atendimento recebido. Clique aqui para ler a carta da usuária na íntegra.

 

Para o benefício de todos, envie a resposta
Sabemos o quanto o dia a dia das pessoas é agitado e corrido. Mas responder à Carta SUS é muito importante. A opinião dos cidadãos usuários do SUS é fundamental para melhorias na qualidade e acesso aos serviços de saúde. Em caso de incapacidade do usuário, a Carta SUS pode ser respondida por um familiar ou pessoa próxima do paciente.

A Carta SUS contém os dados do cidadão, informações da internação ou do procedimento que o cidadão realizou, valor que o SUS pagou por isso e uma pesquisa de avaliação do atendimento que ele recebeu no hospital.
Esta pesquisa poderá ser respondida por meio do cartão resposta destacável da carta, que terá o porte pago pelo Ministério da Saúde. O cidadão não paga nada enviá-la novamente. Pelo cartão resposta basta preenchê-lo e entregá-lo ao carteiro, agência ou caixa de coleta do CORREIO.

Porém, caso o usuário prefira, pode responder pela da Ouvidoria-Geral do SUS/Disque Saúde 136 ou pelo site do Ministério da Saúde, no www.saude.gov.br/cartasus.

 

Fontes: Blog da Saúde e Ministério da Saúde.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s